*

Planejamento 14.09.2018 — 10:47 am

Henrique Meirelles, do MDB, no Esquina na Urna

Henrique Meirelles, do MDB

O Esquina segue com o especial #EsquinaNaUrna para levar aos candidatos à presidência as principais demandas para melhorar as cidades brasileiras.

Hoje foi a vez de Henrique Meirelles, candidato pelo MDB.  Os outros candidatos aparecerão por aqui respondendo às mesmas perguntas nos próximos posts. A série completa pode ser acompanhada por aqui.

Meirelles conta ter sido um dos fundadores da ONG Viva o Centro, de preservação do centro paulistano. Disse que a participação de urbanistas na formulação de políticas públicas é muito importante e que o Ministério das Cidades não deve perder de vista as questões sociais. Sobre coordenar emprego e ocupação do território, ele afirma que é preciso, através do zoneamento, dirigir as pessoas para morarem onde há oportunidades de trabalho. Para incentivar moradia no centro citou como exemplo as experiências de Boston, Nova York, Paris, Buenos Aires e Santiago, acrescentando que, no Brasil, é preciso também oferecer uma melhor integração nos transportes, especialmente sobre trilhos. Na contratação de obras, diz que é preciso mecanismos de controle para custos e prazos para evitar a corrupção.

Confira:

Henrique Meirelles no Esquina na Urna

O Esquina segue com o especial #EsquinaNaUrna para levar aos candidatos à presidência as principais demandas para melhorar as cidades brasileiras. Hoje foi a vez de Henrique Meirelles, candidato pelo MDB. Os outros candidatos aparecerão por aqui respondendo às mesmas perguntas nos próximos posts. A série completa está no nosso site. Meirelles conta ter sido um dos fundadores da ONG Viva o Centro, de preservação do centro paulistano. Disse que a participação de urbanistas na formulação de políticas públicas é muito importante e que o Ministério das Cidades não deve perder de vista as questões sociais. Sobre coordenar emprego e ocupação do território, ele afirma que é preciso, através do zoneamento, dirigir as pessoas para morarem onde há oportunidades de trabalho. Para incentivar moradia no centro citou como exemplo as experiências de Boston, Nova York, Paris, Buenos Aires e Santiago, acrescentando que, no Brasil, é preciso também oferecer uma melhor integração nos transportes, especialmente sobre trilhos. Na contratação de obras, diz que é preciso mecanismos de controle para custos e prazos para evitar a corrupção. Confira abaixo e saiba mais no link: http://www.esquina.net.br/2018/09/14/henrique-meirelles-no-esquina-na-urna/

Publicado por Esquina: Conversas sobre cidades em Sexta, 14 de setembro de 2018

 

As perguntas do #EsquinaNaUrna foram selecionadas a partir de questões enviadas pelo público do Esquina e formuladas pela nossa equipe. Neste link você consegue ver boa parte do que recebemos em vídeo e por escrito de pessoas de várias partes do Brasil. Agradecemos imensamente a todos que participaram. Várias questões ficaram de fora por uma limitação de tempo dos candidatos, mas ficam registradas como uma contribuição importante neste momento de reflexão sobre nossas cidades e nosso país.

A iniciativa tem o apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) e do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), que no mês passado lançaram uma Carta aos Candidatos.

 

LEIA TAMBÉM:

+ Esquina na Urna: perguntas aos presidenciáveis

+ “Temos de tomar o Ministério das Cidades”, diz Paulo Mendes da Rocha

+ Arquitetos lançam manifesto a candidatos à presidência

 

Tags:, ,

Bitnami